2

Conversando sobre dorama: por que você assiste?

Freeter, Ie wo Kau

Dorama da imagem: Freeter, Ie wo Kau

Pra começar, dorama vem da palavra inglesa drama, que nada mais é do que novela, mas nesse caso, japonesa. Diferentemente das nossas, que são longas e duram quase o ano todo (isso se forem bem recebidas pelo público, claro), a novela japonesa costuma ser mais curta (de oito a 11 episódios), que pode se estender a outras temporadas, com a mesma quantidade de episódios ou não. Há vários formatos de dorama, mas conhecê-los neste momento não é tão importante para a discussão do post. Porém, se ficou curioso, basta dar um pulo no glossário e descobrir um pouco sobre eles e outras nomenclaturas. Continuar lendo

12

Um litro de Lágrimas

img_1474853_44119472_2

Deu pra perceber que a inspiração para o nome do blog foi o dorama “Um litro de Lágrimas” (Ichi Rittoru no Namida / 1リットルの涙), né? Óbvio pra quem faz parte do universo, away pra quem está entrando agora ou simplesmente caiu aqui sem querer. Além de ter sido meu primeiro dorama, “Um litro de Lágrimas” é importante pela profundidade da história e do relacionamento da protagonista com a mãe. Antes de começar a falar sobre ele, vou aproveitar o gancho pra divulgar o lançamento do livro baseado na história real de Kito Aya, a garota que foi acometida por uma doença incurável aos 15 anos e teve que aprender a lidar com ela até sua morte, aos 25. Fiquei realmente feliz com a notícia, mas nem tanto quanto poderia. A editora responsável pelo projeto é a NewPop, que costuma pecar na qualidade dos mangás e na revisão dos textos. O mangá baseado no livro foi lançado antes, também pela mesma editora. Recomendo-o para quem desconhece a história, mas não chega a ter a profundidade emocional do dorama, que é maravilhoso e inesquecível. De qualquer forma, comprarei o livro que, segundo o ChuNan, custará R$29,90 e deve ser lançado nos próximos dias. Continuar lendo