3

Todo mundo precisa de shoujo e dorama na vida – #MêsDoShoujo

Boku no Hatsukoi wo Kimi ni Sasagu

J-movie: Boku no Hatsukoi wo Kimi ni Sasagu

Março foi escolhido como o Mês do Shoujo (e do josei também). O pontapé inicial foi o Dia Internacional das Mulheres, como diz o post introdutório do Mais Shoujos no Brasil. Contudo, essa data não define o público da demografia. Mulheres e homens são livres para apreciar animes e mangás que dão vida a personagens e trazem à tona histórias inspiradoras que podem transformar o modo como vemos as coisas. Continuar lendo

1

Yowakutemo Katemasu

yowakutemo

Yowakutemo Katemasu (弱くても勝てます) foi lançado em abril de 2014 pela NTV. É baseado na novel de Takahashi Hidemine, que leva o mesmo nome. O dorama segue a média convencional de 11 episódios de quase uma hora cada, mas que parecem durar uma eternidade. Continuar lendo

4

First Class

tumblr_n5oaukLeOe1qc9j6yo1_500

First Class (ファースト・クラス) pode gerar um certo receio para quem não gosta de moda e acha que o dorama gira em torno apenas desse assunto. Engano seu, amigo! Claro que o universo fashion faz parte da história e tem grande peso na maioria dos episódios. Afinal, o ambiente principal das personagens é a redação da revista que leva o mesmo nome da novelita. Contudo, os roteiristas tiveram a esperteza de inserir outros temas que se encaixaram perfeitamente ao plot, como: inveja entre mulheres, bulimia, briga por poder a todo custo, ascensão profissional, editorial de revista, mulher no topo de uma empresa, a sombra do pai famoso na vida do filho e preconceito. Yoshinari Chinami é a protagonista, que é interpretada pela rainha Sawajiri Erika. Inicialmente, trabalha em uma grande loja de produtos da indústria têxtil e nutre um desejo imenso de ser designer de moda. Lá, era uma vendedora que atraia a clientela pela sua simpatia acompanhada de um belo sorriso no rosto. Continuar lendo

2

Conversando sobre dorama: por que você assiste?

Freeter, Ie wo Kau

Dorama da imagem: Freeter, Ie wo Kau

Pra começar, dorama vem da palavra inglesa drama, que nada mais é do que novela, mas nesse caso, japonesa. Diferentemente das nossas, que são longas e duram quase o ano todo (isso se forem bem recebidas pelo público, claro), a novela japonesa costuma ser mais curta (de oito a 11 episódios), que pode se estender a outras temporadas, com a mesma quantidade de episódios ou não. Há vários formatos de dorama, mas conhecê-los neste momento não é tão importante para a discussão do post. Porém, se ficou curioso, basta dar um pulo no glossário e descobrir um pouco sobre eles e outras nomenclaturas. Continuar lendo

19

Ao no Honoo

tumblr_majqkf9lkZ1rsmstdo4_1280

“Ao no Honoo” (青の炎), internacionalmente conhecido como The Blue Light, foi baseado no mangá de Kishi Yusuke, dirigido e co-escrito por Yukio Ninagawa. Estreou em 15 de março de 2003 no Japão e foi apresentado no Cannes Film Festival em maio do mesmo ano, na França. Continuar lendo